O funil Vocacional: entenda como funciona - Dominus Comunicação

O funil Vocacional: entenda como funciona

Sabemos que a promoção vocacional tem se transformado muito nos últimos tempos. Afinal, com o fácil acesso à internet, os jovens são presença constante nos meios digitais, o que possibilita novos ambientes para falar sobre vocação. Sendo assim, o Funil Vocacional é uma ferramenta que visa fortalecer as ações da igreja quando o assunto é a promoção vocacional no marketing digital.

Não sabe o que é o Funil Vocacional e muito menos como ele funciona? Fique tranquilo, tenho certeza de que você já vai conseguir entender tudo!

Se antes a evangelização dos jovens acontecia entre as paredes do templo religioso, hoje ela não tem mais barreiras, se espalha facilmente no mundo virtual. Antigamente, para ter uma experiência com Deus o jovem precisava necessariamente estar dentro da igreja, hoje a igreja está junto dele, na palma da sua mão, por meio de canais de vídeos e redes sociais. Do mesmo modo, se antes o assunto vocação surgia apenas dentro da igreja, hoje ele é facilmente refletido também no ambiente digital.

Contudo, você deve estar se perguntando agora: Isso eu já sei, já consegui perceber, mas onde é que o Funil Vocacional se encaixa nisso? E a resposta é bem simples: Em tudo! O Funil Vocacional é o que pode facilitar a aproximação da igreja com o jovem na internet.

Se interessou por isso? Então vamos entender melhor !

 

Qual é a proposta do Funil Vocacional?

 

O marketing digital criou para o mercado secular o funil de vendas. Nessa metodologia, em cada etapa existem gatilhos cujo objetivo é levar uma pessoa a percorrer uma jornada  afim de fazê-la comprar algum produto.

Baseado nesse princípio a Dominus desenvolveu o Funil da Evangelização. A proposta é muito parecida com aquilo que foi pensado para o mercado secular, porém a diferença está no objetivo final da jornada. Afinal, enquanto o funil de vendas estima vender um produto, o Funil da Evangelização pretende o engajamento permanente da pessoa na vida pastoral da igreja. 

A experiência positiva alcançada com a metodologia do Funil da Evangelização permitiu que a Dominus inovasse mais uma vez criando o Funil Vocacional. A sua proposta é a mesma, porém o objetivo desta vez é conseguir novas vocações.    

Sendo assim, a partir do Funil Vocacional, a Dominus propõe um novo modelo estratégico composto por etapas na quais o jovem vai percorrer um caminho durante a sua jornada de descoberta vocacional.

Essas etapas vão desde o primeiro contato  com a congregação religiosa, diocese ou arquidiocese  até o seu engajamento como um vocacionado.

Contudo, para que tudo isso aconteça é preciso pensar todo o processo evangelizador do jovem. É preciso traçar uma estratégia que vai nos permitir alcançar um resultado mais assertivo.  

 

Quais são as etapas do Funil Vocacional?

 

O Funil Vocacional é composto por 4 etapas. Veja abaixo na ilustração!

Com o Funil Vocacional é possível conduzir o jovem a refletir sobre sua vocação e encaminhá-lo a uma decisão.

 Aprendizado e descoberta

No topo do funil, temos a etapa que promove o aprendizado e a descoberta. Chamamos assim porque inicialmente o jovem não tem consciência de que precisa pensar sobre sua vocação. Afinal, ele não costuma parar para pensar a respeito, ou até já fez isso, mas não como algo prioritário em sua vida.

Desse modo, a partir de conteúdos estrategicamente planejados, pode-se começar a despertar para esse assunto. O objetivo, neste momento é atrair a sua atenção, e conduzi-lo a uma reflexão sobre o tema vocação. Sendo assim, toda essa etapa acontecerá por meio de ações e conteúdos querigmáticos que o estimulem a uma profunda experiência com o amor de Deus e o despertar da sua vocação.   

 A busca pelo discernimento

No meio do funil acontece a etapa de reconhecimento do problema e a consideração da solução. Ou seja, nesta fase estamos lidando com jovens que conseguiram perceber a importância de discernir sua vocação e passaram a buscar por isso.

A partir disso, é preciso despertar nos jovens o interesse por se aprofundar ainda mais. Portanto, é o momento de oferecer a eles a oportunidade de conversar com um promotor vocacional.   

 A adesão!

O fundo de funil representa o tão esperado momento da decisão. Nesta etapa, o jovem se sente pronto para dar seu primeiro passo para dizer seu “sim” a Deus e ser um vocacionado na congregação, diocese ou arquidiocese.

Portanto, como você pôde perceber, o Funil Vocacional não é algo tão complexo. Logo, num primeiro momento pode parecer algo muito incisivo, porém tudo acontece de uma maneira suave, sem deixar de ser eficaz. Passo a passo uma jornada conduz e prepara o jovem para um dos momentos mais decisivos e importantes da sua vida. Tudo com muita naturalidade.

 

Você também pode alcançar bons resultados com essa metodologia inovadora e prática. Vamos começar?!

Entre em contato conosco!

 

Gisa Prado

Jornalista de formação, com longa experiência na produção de conteúdos para meios de comunicação católico.
Atualmente compõem a equipe de Redação na Dominus Evangelização e Marketing.  Seu coração está na evangelização!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *