Jornada da evangelização: O que é e qual sua importância

Jornada da evangelização: O que é e qual sua importância na estratégia de Marketing Digital

Jornada da evangelização: O que é e qual sua importância

Primeiro quero destacar que a jornada da evangelização não se trata de um evento, mas, sim, de um conceito que trago para você, leitor do nosso blog. Este post poderá mudar a forma como você produz conteúdo para o site e redes sociais da tua comunidade. 

Se você acompanha nosso blog, já deve ter lido o blog post: Marketing de conteúdo como processo evangelizador. Ele possui informações que podem ser um forte aliado para atrair visitantes para o site da tua comunidade e, consequentemente, aproximá-los da tua paróquia, congregação, instituto, etc.

Vamos avançar um pouco mais nesses conceitos. Para usar o marketing digital na evangelização é importante seguir todas as etapas compreendidas no processo. Elas são fundamentais para que o teu público-alvo saia da condição de não-assíduo para assíduo, praticante na comunidade cristã. 

Uma das etapas desse processo é a jornada da evangelização, que no marketing digital secular é conhecida como jornada de compra. Adotamos essa nova nomenclatura com o objetivo de “cristianizar” as ações e, assim, enquadrá-las melhor na realidade pastoral. 

A jornada da evangelização é um caminho que todo fiel irá percorrer até poder decidir por aderir a proposta que estamos fazendo a ela. Neste caso, uma vida nova em Cristo Jesus. Entenda melhor os estágios da jornada no gráfico abaixo:

Vamos conhecer cada estágio, colocando alguns exemplos práticos de como essa jornada da evangelização acontece:

1. Aprendizado e descoberta 

No início, o evangelizando não sabe – ou não compreende muito bem – que tem um problema ou necessidade. Ele ainda está despertando o interesse por determinado tema. O objetivo neste momento é ter a atenção dele para, no futuro, estimular a descoberta de uma oportunidade. 

Exemplo: Júnior é catequizando de Crisma e está estudando para o vestibular. Como não tem dinheiro para o cursinho resolveu pesquisar na internet formas de estudar em casa. Se a tua comunidade realiza uma Celebração especial na intenção dos vestibulandos, ou possui um cursinho pré-vestibular oferecido pela ação social da Paróquia, você pode oferecer, neste momento, um artigo no site da comunidade com o tema: “Dicas de como estudar para o vestibular em casa”

Por se tratar de um tema do seu cotidiano, Junior poderá encontrar esse artigo por meio de sites de busca, redes sociais ou o envio de e-mail marketing, a partir do banco de dados que a Paróquia eventualmente venha a ter de um cadastro, seja de dizimistas, de um encontro de jovens ou do grupo de oração. 

2. Reconhecimento do problema

Aqui o evangelizando já se aprofundou um pouco mais no tema e percebe que tem um problema ou oportunidade. O objetivo agora é “gerar” essa necessidade, ou melhor: revelar um problema que ele tem, mas que ainda não tinha consciência. A partir disso, ele começa a pesquisar e a estudar mais a respeito. 

Exemplo: Júnior começa a notar que tem muitas dificuldades na organização do seu tempo para estudar e que precisa encontrar uma forma de melhorar seu desempenho nos estudos. Então,  ele começa a procurar dicas de como organizar seus horários. Já no site da sua Comunidade foi postado um artigo: “Como organizar seu dia para estudar para o vestibular”. Com isso, o jovem acessa o conteúdo do site e ainda poderá assistir a um vídeo com as dicas, ou baixar uma planilha com um modelo prático de organização para os estudos.

3. Consideração da Solução

Agora que ele já reconhece suas necessidades, começa a pesquisar mais opções para solucionar seu problema. Aqui é preciso que ele identifique o que você tem a oferecer. 

Neste caso, a Celebração da Missa especial aos vestibulandos e o cursinho pré-vestibular oferecido pela ação social da Paróquia é a oferta, e precisa ser considerada por ele como a melhor. Neste momento é importante criar um senso de urgência em procurar a comunidade. 

Exemplo: Júnior percebe que estudar sozinho é muito difícil e que ele precisa de ajuda. Chegou a hora de apresentar a ele o que a comunidade tem a oferecer. Aqui o conteúdo útil pode ser: “Curso pré-vestibular gratuito é oferecido para a comunidade” e “Missa especial é celebrada na intenção dos vestibulandos”

4. Decisão de adesão 

No fim do processo, o jovem percebeu que fazer o cursinho pré–vestibular e participar da Celebração são as melhores opções que ele tem. Ele precisa tomar uma decisão. Este é o momento da adesão. Nesse estágio, deve-se mostrar para ele o que há de melhor na sua Comunidade, e que ela deseja participar deste importante momento da vida dele. 

Exemplo: O jovem se interessou pelo curso pré-vestibular e pesquisa mais sobre o evento. Um artigo “Veja os alunos do nosso cursinho que passaram no vestibular em 2015” pode ajudá-lo a tomar a decisão de fazer parte do cursinho. Ou um outro post: “Testemunho do jovem que participou da Missa dos vestibulandos  e alcançou a graça que esperava”. 

Compreender as quatro etapas da jornada da evangelização é extremamente necessário para determinar quais conteúdos deverão ser criados. Somente conhecendo esses passos você poderá  fazer o evangelizando evoluir até o fim do processo. Mas é fundamental esse processo seja feito antes mesmo de iniciar a produção de conteúdo. 

Gostou do nosso material? Curta e compartilhe!

Jean Ricardo

Empreendedor na evangelização, apaixonado por planejamento e marketing digital. É CEO da Dominus Evangelização e Marketing, comanda o time de evangelizadores. O seu coração está na evangelização!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *