6 estratégias para evangelizar que você precisa conhecer

6 estratégias para evangelizar que você precisa conhecer

A missão que Jesus deixou a todos nós é esta: “Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16,15). O mandato é claro, porém, surgem dúvidas de como pôr isso em prática. Evangelizar um filho, o marido, um amigo pode não ser fácil, mas, acredite, não é uma missão impossível! Se você está entre aqueles que encontram dificuldades em responder a esse chamado de Cristo, não se aflija. Separamos algumas dicas com estratégias para evangelizar que podem te ajudar. Leia com atenção, e depois é só partir para a ação!

1. Seja cristão para que outros abracem a fé

Certamente, você já ouviu aquela tão conhecida frase que diz: “Seja a mudança que você quer no mundo”. Quando falamos de transformação de vida a partir do encontro com Cristo, não é diferente. Se eu desejo que um membro da família, amigo, conhecido, colega de trabalho, vizinho, se torne cristão, primeiramente é necessário dar um testemunho alegre e sereno da pertença a Cristo. Quando uma mudança de comportamento positiva é percebida, aquele que a notou, ao enxergar seus benefícios, certamente irá desejar o mesmo para si.

2. Procure agir naturalmente

Procure não agir como uma pessoa que “esgotou” o assunto religião. Jesus – o Verbo Encarnado – também tinha suas estratégias para evangelizar. Ele sempre agia com naturalidade e simplicidade. O Evangelho de São João narra um episódio em que Jesus se aproxima de uma mulher que necessitava muito encontrar-se com Deus. Como foi que Ele a evangelizou? Esse processo teve início com uma aproximação espontânea e o pedido por um pouco de água (cf. João 4,5-28). A partir desse gesto humilde, naturalmente iniciou um diálogo com aquela mulher que, ao fim da conversa, saiu testemunhando que havia encontrado o Cristo. Uma conversa à toa, sobre qualquer assunto com qualquer pessoa pode ser uma oportunidade para evangelizar. Mas, para que isso dê certo, você precisa agir com naturalidade, partindo do pressuposto de que toda evangelização é um modo de relacionamento.

3. Não force a evangelização

Cada pessoa tem o seu tempo e o seu momento, por isso não adianta você querer obrigar alguém a ir para a Igreja. Convide, mas sem forçar. Enquanto a pessoa não aceitar seu convite, reze por ela para que o Espírito Santo realize aquilo que você não é capaz. Uma das estratégias para evangelizar que funcionam muito bem é deixar que a pessoa se sinta a vontade.  Outro dado importante é assumir que o encontro com Deus é uma experiência e é isso que buscamos para quem evangelizamos. Inicialmente, essa experiência pode começar nas conversas e não necessariamente a partir do aceite de um convite.

4. Fale com mansidão

Qualquer maneira de falar que seja o oposto da mansidão jamais pode ser empregada quando se fala em estratégias para evangelizar. Seja em casa, no trabalho, em qualquer ambiente, em qualquer tipo de conversa, falar demasiadamente alto causa desconforto nas pessoas. Brigas e discussões – é até desnecessário dizer – causam efeito oposto ao que queremos alcançar. Portanto, arme-se de paciência e ponha amor nas ações e palavras. Lembre-se que o teu objetivo é conduzir as pessoas ao amor de Deus, e certamente não será com outro sentimento, senão com amor, que você vai conseguir isso.   

5. Seja amigo e não um inquisidor

As pessoas vivem carentes de amor e de atenção. A carga de problemas a que somos submetidos no cotidiano nos torna emocionalmente vulneráveis. Muitas pessoas se sentem sozinhas mesmo ao lado daqueles com quem convivem diariamente. Cabe a nós, cristãos, sermos o ombro amigo que elas precisam. Nesses momentos você evangeliza com um sorriso, com um abraço, porque não são apenas as palavras que falam sobre Deus.      

6. Saiba ouvir as pessoas

Ouvir é também parte importante das estratégias para evangelizar. É preciso ouvir as pessoas, conhecer suas angústias, para saber qual é a sua necessidade e assim conseguir evangelizá-las com mais eficiência. Não adianta sentar-se na frente de alguém que está carente dos cuidados de Deus e desandar a falar. Sem conhecer a realidade da vida daquela pessoa é impossível conseguir orientá-la da maneira que ela precisa ser.   

Seja pessoalmente ou nas redes sociais, qualquer momento é oportuno para evangelizar. Estando atento às situações e colocando em prática essas estratégias para evangelizar você será capaz de semear a fé em muitos corações.

Gisa Prado

Jornalista de formação, com longa experiência na produção de conteúdos para meios de comunicação católico. Atualmente compõem a equipe de Redação na Dominus Evangelização e Marketing.  Seu coração está na evangelização!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *