4 vantagens de usar o inbound marketing na comunicação diocesana

4 vantagens de usar o inbound marketing na comunicação diocesana

4 vantagens de usar o inbound marketing na comunicação diocesana

Se você é assessor de comunicação ou coordenador da Pascom e busca ampliar as estratégias de relacionamento, confira as dicas que preparamos para você!

Os desafios enfrentados pelo departamento de comunicação de uma diocese ou arquidiocese são os mais variados. Muitas vezes, devido às inúmeras urgências, os profissionais deste departamento ou pastoral acabam por ficarem focados apenas na execução e não conseguem pensar de forma estratégica em como resolver os problemas de comunicação existentes. 

Se você vê a comunicação diocesana como um importante departamento que precisa ter uma ampla atuação pastoral, saiba que o inbound marketing é uma estratégia fundamental para o processo evangelizador. 

Ao longo deste conteúdo quero apresentar para você três vantagens de passar a usar o inbound marketing e o marketing de conteúdo nas ações do departamento de comunicação diocesano. 

1. Diminuição dos custos no marketing

O marketing tradicional ou outbound é o oposto do inbound marketing, estamos acostumados a ter que chamar a atenção do nosso público alvo. Exemplo disso são as propagandas televisivas, outdoors, anúncios em jornais e revistas. Esse tipo de ação era responsável por garantir a divulgação dos produtos e serviços de uma empresa. 

Ao longo dos anos a Igreja foi aprendendo com o marketing secular a desenvolver suas estratégias de comunicação seguindo a mesma linha. Hoje é muito comum ver dioceses com jornais impressos, Missas televisionadas, locações de mobiliários urbanos para veicular suas ações evangelizadoras. Todas estas ações requer grande investimento e esforço profissional. 

Com a transformação digital as estratégias de relacionamento offline foram perdendo força. Basta olhar pesquisas recentes que apontam que 70% da população brasileira tem acesso a internet.

Esse acesso à informação levou ao empoderamento do consumidor. Agora ele tem mais informação antes de comprar qualquer produto ou serviço. Ou seja, com mais informações, também mais ofertas.

Com a mudança do comportamento do consumidor, o marketing passou a focar mais no interesse do consumidor. Com a chegada do digital, alcançar o público alvo ficou mais fácil, mas também a disputa ficou mais acirrada, já que a comunicação ficou individualizada. Isso também possibilitou a diminuição de custos. 

Agora, com a internet, é possível conhecer melhor quem é o consumidor, o que levou a termos anúncios cada vez mais direcionados. Pense no jornal diocesano: Investir na impressão de um jornal pode ter um custo muito alto e você não consegue medir o resultado. Já com o inbound marketing você pode investir bem menos e medir os resultados. 

Inbound marketing costuma custar 62% mais barato comparado aos investimentos em Outbound Marketing, e ainda apresenta um ROI (Retorno sobre investimento) de 275%, segundo estudos recentes da Hubspot

2. Ações de marketing mensuráveis

Já citei anteriormente que o digital possibilitou conhecer melhor o público alvo e a direcionar nossos recursos em marketing para alcançar nossos objetivos. Isso acontece graças ao uso de inúmeras ferramentas (como por exemplo o Google Analytics e o RD Station). Elas são capazes de gerar inúmeras métricas que nos possibilitam realizar diversas ações com o público alvo. 

Com as informações extraídas dessas ferramentas, você pode ter acesso a dados importantes como a faixa etária, profissão, as páginas mais acessadas no site, o tempo em que as pessoas ficam em uma notícia, tipo de assunto que mais interessa, entre outras informações. 

Além de ter disponível mais informações, você pode direcionar seus anúncios, fazendo campanhas segmentadas em mídias pagas, como Google AdWords, Facebook Ads ou Linkedin Ads.

Imagine que você precisa, por exemplo, disponibilizar um E-book com orientações para os ministros da Sagrada Comunhão. Uma das suas metas é que este material chegue para todos os ministros das diversas paróquias da sua diocese. Se você tiver disponível uma base de e-mails desses ministros, poderá direcionar um anúncio pago pelo Facebook ads para todos eles ou ainda  disparar um e-mail marketing, por meio do qual eles poderão baixar o material através de uma landing page. Além disso, você poderá saber quem baixou o E-book, quantos baixaram e ainda coletar mais informações sobre cada uma dessas pessoas. 

3. Estabelecer um processo formativo

O inbound marketing é um processo que visa educar o futuro cliente. No âmbito diocesano ele pode ser um forte aliado do processo formativo. Você poderá estabelecer estratégias de relacionamento para aumentar o número de vocacionados ao seminário, por exemplo. Poderá, também, fortalecer o processo formativo sobre determinado tema pastoral. 

Recentemente aqui na agência fizemos para a Renovação Carismática Católica do Brasil, uma jornada de conteúdo voltada para a formação dos membros dos grupos de oração espalhados pelo Brasil. Clique aqui e confira o blog. Abaixo você confere a landing page do primeiro material rico publicado.

4. Captação de leads (contatos)

Lead é um termo usado no marketing digital que define o consumidor interessado no produto ou serviço de uma organização, enquanto ele ainda não é um cliente! 

Imagine o quanto é importante para a sua diocese/ arquidiocese ter uma base atualizada dos diversos públicos que ela necessita trabalhar. Pois bem, por meio do inbound é possível não só criar uma base de contatos, como mantê-la constantemente atualizada.  

Com uma base de leads bem estruturada você poderá direcionar suas ações de relacionamento para cada público. Exemplo: Se você criar uma campanha de e-mail marketing cujo objetivo é chegar somente para os párocos, com uma base de leads atualizada será possível que o e-mail chegue somente para os sacerdotes que são párocos.  A seguir apresento uma landing page que fizemos para divulgar um material rico aqui da Dominus e que tem como objetivo coletar leads de párocos. 

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais! 

Até a próxima!

Espero que tenha gostado deste conteúdo!

Jean Ricardo

Empreendedor na evangelização, apaixonado por planejamento e marketing digital. É CEO da Dominus Evangelização e Marketing, comanda o time de evangelizadores. O seu coração está na evangelização!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *