Prestação de contas: O que ela pode mudar na arrecadação do dízimo

Prestação de contas: O que ela pode mudar na arrecadação do dízimo

Apesar de alguns métodos deixarem a prática chata ou enfadonha, a prestação de contas é um instrumento eficaz quando se trata de alavancar a arrecadação do dízimo. Uma vez que os fiéis têm conhecimento acerca dos investimentos da paróquia, tendem a não só manter como aumentar o compromisso com o dízimo.

A prestação de contas é a comprovação – de forma clara e correta – do cumprimento  das etapas e metas propostas pela Paróquia, no que tange à realidade financeira e administrativa. Ela pode ter função semelhante à dos landmarks – expressão em inglês que significa, em uma tradução livre, demarcação de terra. Os landmarks situam os visitantes de locais grandes – parques, museus etc – e ajudam na tomada de decisão, sobre onde se quer chegar.

Mas o que a prestação de contas tem a ver com landmarks? Tudo! Quando oferecemos um panorama claro e transparente sobre a administração das contas, o que se fez, o que se pretende fazer e o que ainda falta, fazemos com que as pessoas tenham condições de fundamentar suas decisões a partir de dados reais.  Não significa que a prestação de contas seja uma justificativa para as pessoas, para que elas façam a devolução do dízimo, mas é certo que este gesto tende a oferecer excelentes resultados!

Mais que uma planilha, uma ato de fraternidade

Quando se trata de prestação de contas em uma comunidade paroquial, é importante ressaltar que ali não é somente um relacionamento frio ou social, mas de fraternidade e de fé. O dízimo é ação de graças dos filhos e filhas de Deus que reconhecem que tudo que possuem provêm do Pai e sua benevolência.

A prestação de contas é o conjunto de documentos e relatórios previamente organizados com o intuito de dar transparência a cada ação realizada pela paróquia, ressaltando a responsabilidade e idoneidade da administração. Quando os dizimistas e/ou paroquianos têm conhecimento de onde sua contribuição tem avançado e quais os objetivos evangelizadores, estruturais ou sociais da paróquia, mais sensíveis ficarão quanto à sua devolução mensal. Não tem nada mais desestimulante que não saber os benefícios e investimentos gerados a partir de uma contribuição. Atentos às ações da paróquia, os dizimistas se tornam mais engajados e parte da comunidade, mesmo que aumente os valores investidos, ainda podem se sentir impulsionados ao serviço pastoral.

Além disso, a prestação de contas evita desconfianças por parte da sociedade civil e dos irmãos na fé, sobretudo em tempos em que a honestidade tem sido tantas vezes motivo de frustrações e escândalos.

Torne sua prestação de contas mais atrativa

Muitas vezes a prestação de contas acaba se tornando uma prática repetitiva de exposição de números em meio aos avisos paroquiais. Contudo, é possível realizá-lo de modo mais dinâmico. Além dos já costumeiros relatórios descritivos das atividades, é possível prestar contas com os seguintes métodos:

  • Utilizar o mural de avisos das Igrejas para expor fotos dos eventos e iniciativas sociais;
  • Apresentação de vídeos com testemunhos de paroquianos ou comunidades assistidas pelo dízimo da paróquia;
  • Criação de vídeos com fotos de antes e depois de igrejas em construção;
  • Exposição de resultados de pesquisas e dados estatísticos que demonstrem os feitos da comunidade;
  • Oferecer o auxílio espiritual ao dizimista também é prestação de contas. Estar atento às suas necessidades espirituais, comprometer-se com ele na oração, na prática da caridade  e no aconselhamento, podem ser ótimas iniciativas.
  • Uma forma interessante são os Infográficos. aqui na agência costumamos usá-los com os nossos clientes. Confira abaixo:

Essas  práticas são formas de apresentar os dados da prestação de contas de modo dinâmico, lembrando que as planilhas contábeis e organização de notas e cupons fiscais são a validação civil e fiscal de toda essa prática.

Se você achou este conteúdo interessante e conhece pessoas que podem se beneficiar dele, compartilhe!

 

Heraldo Lima

Jornalista de formação, possui intensa e longa experiência missionária. Atualmente compõem a equipe de Redação na Dominus Evangelização e Marketing. Casado com a Anne e pai do Davi. Seu coração está na evangelização!