Planejamento Pastoral: Não abandone por causa da Pandemia -

Planejamento Pastoral: Não abandone por causa da Pandemia

O planejamento pastoral é de extrema importância para a evangelização em toda paróquia. Certamente você já tem certeza disso. Mas, talvez o que você não saiba, é que neste tempo de pandemia, não precisa “apertar o botão de pausa”. 

Você não precisa guardar seu planejamento pastoral numa gaveta, esperando a pandemia passar.

Isso mesmo, a pandemia nos trouxe muitas restrições, alterou as rotinas dentro da igreja, mas a evangelização nunca parou, não é verdade?

Muitas paróquias neste Brasil se reinventaram na maneira de levar a mensagem do Evangelho aos seus paroquianos. Muitas passaram a transmitir Missas e encontros de oração online e alcançaram um número ainda maior de pessoas do que comumente podem acolher na paróquia. 

Contudo, esse reinventar-se só foi possível porque essas paróquias não abandonaram seu planejamento pastoral. Muito pelo contrário, tendo em mãos seu plano pastoral, muitas paróquias buscaram manter e preservar os objetivos estabelecidos. 

Logicamente, o planejamento pastoral precisou ser revisado e revisitado, já que a pandemia alterou significativamente a realidade das paróquias. 

A realidade exigiu criatividade e força de vontade para manter os objetivos da evangelização.

O Planejamento Pastoral pode te ajudar a enfrentar uma crise

No mundo dos negócios, agir a partir de um planejamento é traçar novas estratégias, programar novas ações.

É buscar soluções para sair de uma situação indesejada, até alcançar bons resultados, revertendo o problema.

Assim também pode acontecer na evangelização.

Adaptar o planejamento pastoral pode ajudar uma paróquia a manter sua missão de evangelização durante uma crise. Contudo, vai além disso.

O planejamento pastoral pode apontar soluções para manter seus paroquianos próximos, ainda que não fisicamente, e garantir o sustento da paróquia por meio de novas ações de relacionamento com os dizimistas.

Se você ainda tem dúvidas sobre como montar um planejamento pastoral de resultados, precisa ler este texto. Como montar um plano pastoral de resultados: 7 passos iniciais

Se tiver dúvidas, procure uma ajuda profissional

Um momento incomum, como este em que estamos vivendo em todo o mundo, pode nos trazer muitas dúvidas ou incertezas.

Qual o melhor caminho a seguir no momento?

Quais passos podem ser os mais assertivos?

Como encontrar soluções para as dificuldades da paróquia?

E motivar as pastorais e movimentos a manterem o foco na evangelização?

É possível manter o relacionamento com os paroquianos?

Diante de tantas questões, pode ser que você, neste momento, não se sinta apto para buscar uma saída. Mas, acredite, isso não significa que não existe uma solução.

Buscar por um olhar profissional pode ser de grande ajuda neste momento. A ajuda de um especialista pode ser determinante para você reinventar ou reativar seu planejamento pastoral. 

Sem contar que o olhar profissional está treinado para encontrar soluções que um leigo no assunto dificilmente consegue visualizar. Além disso, outro benefício para a paróquia é a questão tempo. Enquanto um profissional dedica-se ao planejamento pastoral, cuidando de detalhes técnicos, os agentes de pastorais e movimentos, juntamente com o pároco, têm mais tempo para ocupar-se com as atividades pastorais, além do relacionamento com as pessoas. 

Procure, então, o auxílio de agências católicas, como a Dominus. Nós estamos prontos para te ajudar neste momento de pandemia, seja para elaborar um plano pastoral ou para reinventá-lo.


 

Gisa Prado

Jornalista de formação, com longa experiência na produção de conteúdos para meios de comunicação católico. Atualmente compõem a equipe de Redação na Dominus Evangelização e Marketing.  Seu coração está na evangelização!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *