8 Dicas para fazer a Pastoral do Dízimo do jeito certo

8 Dicas para fazer a Pastoral do Dízimo do jeito certo

8 Dicas para fazer a Pastoral do Dízimo do jeito certo

Você já tentou de várias formas e não deu certo? Neste texto, selecionamos dicas preciosas para sua equipe fazer acontecer a Pastoral do Dízimo do jeito certo.

1. Avalie, estruture e cuide da equipe

Sabemos que um bom trabalho vai depender de uma boa equipe. Por isso é preciso que você pense como está a sua atual equipe. É preciso encará-los como um time, se os jogadores estão fora das suas posições ou se você tem um jogador ruim, é muito provável que este jogo será perdido. Esse time pode até ser enxuto, mas precisa ter habilidade para o “jogo”.

2. Promova treinamento para os agentes pastorais

Não existe time que vai para o campo sem que receba treinamento, por isso, é muito importante capacitar sua equipe da Pastoral do Dízimo. Organize um ciclo de formações que possa favorecer o aprendizado prático e teórico sobre o assunto.

3. Estimule a adesão dos membros da pastoral a viverem fielmente a partilha do dízimo

Sabemos que devolver o dízimo é uma experiência, sendo assim, é muito importante que aqueles que compõem a equipe pensante sejam testemunhas da vivência, só assim será possível oferecer ao público alvo o que de fato eles precisam para aderir a proposta.

4. Evangelizem!

A Pastoral do Dízimo não é a pastoral preocupada com a arrecadação financeira, ela deve ser a preocupada com a evangelização. A pergunta que deve sempre estar sendo refletida nas reuniões é “nossa comunidade está evangelizando num processo de discipulado?”. A matéria prima para “gerar um bom dizimista” é a evangelização. Sem ela não haverá novo dizimista.

5. Planeje as ações da pastoral

Construa e execute um planejamento. Sabemos que existem muitas coisas para fazer nas comunidades, por isso, é muito importante desenvolver um plano de ação para a pastoral. Se sua comunidade não tem um, organize com sua equipe para desenvolver um planejamento, ele fará toda diferença.

6. Promova integração pastoral

Comprometa todos os agentes pastorais na promoção do dízimo. Não pode haver um efetivo trabalho da Pastoral do Dízimo, se não houver uma conscientização que a partilha de bens é uma característica comunitária e que deve ser vivida por todos.

7. Aproveite as estruturas disponíveis

Muitas comunidades querem desenvolver ações para alavancar a arrecadação do dízimo: o primeiro ponto que geralmente trabalham é o cadastramento de novos dizimistas. Neste item, é importante que sua comunidade faça um levantamento dos dizimistas existentes e faça uma análise do que é preciso trabalhar com eles. Lembre-se, aqui você deve avaliar em que fase da evangelização este dizimista está. Saber este ponto é fundamental.

8. Invista em comunicação

Invista na comunicação da Pastoral do Dízimo, de preferência busque ajuda de profissionais de marketing e comunicação, existe muita coisa boa que pode ser usada em benefício da ação pastoral. Não tenha medo de investir recursos humanos e financeiros, os resultados serão muito positivos.

 

Narlla S. Bessoni

Jornalista formada pela Universidade Católica de Brasília,  escritora, missionária, casada e mãe. Atualmente é Gestora de Conteúdo na Dominus Evangelização e Marketing. Seu coração está na evangelização!