O funil do Dízimo: Entenda e aplique na sua comunidade

O funil do Dízimo: Entenda e aplique na sua comunidade

O funil do dízimo

Saiba como construir um funil ideal para a sua comunidade crescer na evangelização e na arrecadação do dízimo

Um dos grandes desafios que as comunidades enfrentam é a captação de novos dizimistas. Este processo muitas vezes é lento e com pouco resultado. Ao longo do tempo, com a experiência de trabalhar com a aplicação do funil de vendas, percebi que é possível adaptá-lo à realidade do dízimo e fazer uso dele como uma ferramenta para organizar ações de captação de dizimistas. Tudo baseado em um processo evangelizador e não apenas de arrecadação financeira. 

Abaixo apresento o funil do dízimo e como ele é estruturado:

No topo do funil temos os visitantes 

Nessa etapa, relacionamos a presença dos visitantes na comunidade paroquial. Aqui enquadram-se as pessoas que apenas participam e que não têm qualquer vínculo com a paróquia. Torna-se necessário ações que fortaleçam o engajamento dessas pessoas. Vale aqui uma leitura do artigo o funil da evangelização, nele você entenderá quais são as etapas fundamentais para envolver uma pessoa na vida pastoral. 

No meio do funil temos os paroquianos

No meio do funil encontramos os paroquianos, ou seja, pessoas engajadas ou com envolvimento afetivo, que participam com frequência das atividades paroquiais. Nesta etapa, deve-se iniciar o processo de relacionamento mais estreito com a realidade pastoral, apresentando as necessidades da comunidade e a importância do envolvimento dos mesmos. É hora de falar do dízimo como uma forma de partilha e de compromisso comunitário. 

No fundo do funil temos os dizimistas

Os dizimistas estão no fundo do funil, aqui é preciso manter um estreito relacionamento, seja por meio da prestação de contas ou do serviço pastoral de qualidade. Não podemos nunca esquecer que a experiência do paroquiano é fundamental para mantê-lo engajado e comprometido com as causas da paróquia. 

Como construir o funil do dízimo da minha comunidade

O primeiro passo para construir o funil do dízimo é entender o número de participação das Missas e Celebrações da comunidade. Vale aqui escolher um ou mais finais de semana (caso a paróquia tenha Missa semanal também deve ser escolhido) e fazer a contagem de participantes. Você pode utilizar um formulário básico separando homens, mulheres e crianças. 

Feito a contagem, você precisa pegar o número de dizimistas cadastrados, os ativos e os inativos. Também separe a média do número de novos dizimistas que mensalmente estão entrando. Por fim, pegue a média de dizimistas fiéis, ou seja, que mensalmente contribuem, o valor total de entrada dos dizimistas e o ticket médio que cada dizimista colabora. 

Veja o exemplo de um funil atual de uma comunidade:

Média de arrecadação: R$ 10.000,00

Ticket médio: R$ 70,42

Agora que você já tem o funil atual da comunidade, vamos elaborar o funil ideal para a sua paróquia. O processo é quase o mesmo, a diferença é que ele será feito baseado na meta de arrecadação. Veja na figura abaixo:

Média de arrecadação: R$ 15.000,00 

Ticket médio: R$ 70,42

Considerando que a comunidade deseja aumentar o valor da sua arrecadação em 50%, ela necessita de 71 novos dizimistas com um ticket médio de R$ 70,42. 

Analisando o funil ideal é possível definir que para esta comunidade a estratégia de atuação da pastoral do dízimo seria manter o cadastro de novos dizimistas como está e buscar reativar parte dos 158 dizimistas inativos. 

Para finalizar, lembro não existe uma receita pronta para aumentar o número de dizimistas e a arrecadação. É preciso entender o dízimo como algo inserido no processo evangelizador da vida das pessoas, será isso que tornará sua comunidade sustentável. 

Jean Ricardo

Empreendedor na evangelização, apaixonado por planejamento e marketing digital é CEO da Dominus Evangelização e Marketing, comanda o time de evangelizadoras. O seu coração está na evangelização!

 

2 Comments

  1. IVANI S.DA ROCHA SILVA disse:

    bom dia tudo bem? preciso entender o significado desse ticket mèdio de R$ 70,20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *