Eventos Querigmáticos: Cinco formatos para você realizar neste período de Pandemia

Eventos Querigmáticos: Cinco formatos para você realizar neste período de Pandemia

Eventos Querigmáticos: Cinco formatos para você realizar neste período de Pandemia

A pandemia do novo coronavírus pegou a todos de surpresa. Esse desafio foi maior ainda em alguns setores, como os eventos, por exemplo. Na Igreja isso não foi diferente! Nossas celebrações foram canceladas e pela primeira vez na história da humanidade, tivemos que participar das missas de modo virtual. 

Os nossos eventos – estratégias tão importantes na ação evangelizadora da Igreja – também foram cancelados ou tiveram que mudar de formato. Contudo, esse cenário desafiante exigiu duas atitudes:

  • O primeiro grupo ficou com medo, paralisou-se e resolveu encarar o “fique em casa!” ao pé da letra. Muitas comunidades acabaram cancelando 100% das suas atividades. Nenhuma crítica, ok?! Cada situação é única e cada caso é um caso.
  • Mas houve o segundo grupo de pessoas: aqueles que sabem que “em tempos de crise, é onde aparecem os santos”. Esses grandes evangelizadores perceberam que o povo de Deus não poderia ficar desamparado e logo procuraram se “reinventar”. 

Os eventos católicos na pandemia 

As lives tornaram-se uma realidade, os eventos virtuais entraram de vez na programação e a Igreja, mais uma vez, fez-se o porto seguro para tantos que sofriam com a perda de parentes, da saúde e até da liberdade de ir e vir.

O que eu quero apresentar para você nesse texto são 5 formas de fazer eventos querigmáticos neste período. Se você faz ou quer fazer parte do segundo grupo de pessoas, continue a leitura. 

Antes disso, posso dizer que todos estes eventos podem ser feitos no formato: 100% virtual, 100% presencial (guardando as recomendações de distanciamento) ou em formato híbrido, ou seja, parte virtual ou parte presencial. E lógico, todos devemos buscar realizá-los com o mais alto nível de excelência e profissionalismo. Então vamos lá!

1. Eventos culturais:

Os eventos culturais são excelentes estratégias de evangelização, pois acabam atraindo pessoas que não necessariamente têm interesse nas “coisas da Igreja”, propriamente ditas. Afinal, esse é exatamente nosso público de interesse, quando estamos falando de evangelização querigmática, correto?

Eventos culturais são aqueles que envolvem temática principal, algum setor das artes ou os usos e costumes de uma região. Podemos destacar as festas de padroeiros, shows, espetáculos, etc. 

O mais importante é entender que esses elementos são apenas a “isca” para atrair o público. Durante o evento é necessário criar uma estratégia de anúncio da Palavra de Deus, que pode ser através de pregações, ou até embutida nos elementos culturais.

2. Seminários de vida no Espírito Santo

Seminários de vida no Espírito Santo são eventos originados na Renovação Carismática Católica, cujo principal objetivo é anunciar explicitamente a pessoa de Jesus e conduzir os participantes a uma experiência de conversão que, de fato, os faça mudar de vida. 

A dica é atrair as pessoas com títulos alternativos, mantendo o conteúdo do Seminário. Por exemplo: um seminário para casais, pode ter um nome relacionado a desafios que os casais vivam na sua vida a dois e não somente “seminário para casais”.

Outra coisa importante é a qualidade dos pregadores. As pessoas precisam ter sua sede saciada pela Palavra de Deus e para isso, ela precisa ser bem anunciada!

3. Eventos formativos

Quem disse que um evento formativo não pode ser querigmático? Pode-se pensar aqui em eventos com temáticas específicas para públicos segmentados. Por exemplo: que tal pensar um evento para universitários da área de saúde, com temas relacionados à saúde mental e, no conteúdo do evento, inserir elementos de evangelização? 

É importante que os palestrantes tenham conhecimento da Doutrina e também dos conteúdos técnicos que serão abordados. A profissionalização deve fazer parte de qualquer tipo de evento. Evangelizar não é para amadores! 

4. Eventos promocionais

Algo que foi muito visto nesta pandemia foram eventos que tinham um caráter caritativo, ou seja, um dos objetivos era o de angariar fundos para causas específicas ou ações sociais realizadas pelas comunidades e paróquias. 

Estes eventos são ótimas oportunidades para a evangelização. Normalmente, quem participa desse tipo de evento, já tem seu coração mais “aberto para a Palavra de Deus”, pois se importam com o próximo, fazem doações para trabalhos sociais etc. 

Estes eventos precisam ter um conteúdo de evangelização, pois não podemos confundir a ação social da Igreja com as ONGs. Nosso trabalho deve ser sempre, em primeiro lugar, o de anunciar a pessoa de Jesus e, caso necessário, promover as demandas sociais que temos em nossa comunidade. 

Podemos destacar as noites temáticas, jantares beneficentes, lives beneficentes, dentre outras tantas oportunidades que podemos abraçar nesse momento de pandemia. Estudos revelam que as doações caritativas cresceram muito nesse período de pandemia, para aqueles que souberam aproveitar o momento, lógico!

5. Eventos criativos

A criatividade deve ser um sinônimo de quem produz eventos! Especialmente eventos evangelizadores. Em um mundo cada vez mais secularizado e que acaba rejeitando o anúncio do Evangelho, temos que inovar para atrair o público que queremos para Cristo.

Você pode (e deve!) abrir-se ao Criativo dos criativos, o Espírito Santo, para que Ele inspire novas e valiosas ideias, capazes de tocar profundamente o coração dos homens e mulheres distantes de Cristo e de Sua Igreja. 

A dica que dou aqui é: suspenda suas verdades! Não é porque uma coisa não deu certo antes que vai continuar sem dar certo agora. E o contrário também: Essa história de que “em time que está ganhando não se mexe” é coisa do passado! Quando estamos ganhando, temos que manter o ritmo de inovação constante, para não sermos “ultrapassados”. 

Espero que esse artigo possa ajudá-lo nas suas estratégias de evangelização através dos eventos. Para ter acesso a mais conteúdos como esse, acesse meu instagram ou meu canal no youtube.

 

Tobias Cortez 

Administrador de Empresas, Coach Profissional, membro consagrado da Comunidade Católica Shalom, e atua na gestão da instituição há 9 anos, desenvolvendo projetos de administração, marketing e desenvolvimento sustentável. Possui experiência de mais de 15 anos em gestão estratégica em implantação de projetos de marketing e inovação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *