Como montar um plano pastoral de resultados: 7 passos iniciais

Como montar um plano pastoral de resultados: 7 passos iniciais

Como montar um plano pastoral de resultados: 7 passos iniciais

Levar todos os homens e mulheres a uma experiência com Jesus Cristo é a missão essencial da Igreja. Nossas paróquias e comunidades investem sua criatividade, seu tempo, suas forças humanas e financeiras em vista da evangelização. Porém, sem estratégias claras e bem definidas corre-se o risco de gastar muito e não conseguir chegar a lugar algum. Os agentes precisam saber como montar um plano de pastoral.

São João Paulo II, o papa que conduziu a barca de Pedro para o terceiro milênio, muitas vezes falou sobre o anúncio do Evangelho para nossos tempos. Uma era exigente e desafiadora que torna necessário um “novo ardor, novos métodos e novas experiências”.

Em um mundo cada vez mais ágil e digital, é indispensável a elaboração de diretrizes objetivas que possam ser executadas pelos agentes da comunidade.  Elaboramos um passo a passo para que sua Paróquia construa seu um plano pastoral que gere resultados concretos na evangelização. Confira.

1º PASSO – Crie um grupo de pessoas para liderar os trabalhos

Para um trabalho tão específico é preciso uma equipe dedicada ao desenvolvimento do plano pastoral, aqui denominada Núcleo de Planejamento.  Estas pessoas serão responsáveis por todo o processo de desenvolvimento e, também, da execução e avaliação do plano. O núcleo pode ser formado da seguinte forma: pároco, vigários e diáconos (caso tenha), coordenador do Conselho de Pastoral Paroquial (CPP), representantes das pastorais e movimentos, e outras lideranças da comunidade. Por exemplo: se houver algum paroquiano formado em administração, ele pode ser uma ótima pessoa para colaborar no processo.

2º PASSO – Conheça como funciona todo processo

Estude cada etapa do planejamento juntamente com o núcleo de planejamento. É muito importante o conhecimento claro de cada fase. Recomendo que após a leitura deste post, você faça a leitura da Planilha: Etapas do planejamento pastoral. Ter uma metodologia definida é fundamental para o desenvolvimento de um bom plano pastoral.

3º PASSO – Faça uma boa análise de aptidão para os trabalhos

Você deve verificar neste momento se consegue coordenar o processo de planejamento. Caso perceba que precisa de assistência, recomendo que você viabilize isso, seja através de um voluntário ou com a ajuda de uma consultoria.

4º PASSO – Analise a viabilidade de implantação do projeto

É fundamental você analisar se sua comunidade está no momento certo para iniciar o processo de planejamento. Por exemplo: O planejamento exigirá investimentos, por isso é necessário averiguar de onde proverá os recursos financeiros.

Uma recomendação: cuidado para não colocar a culpa na dimensão financeira por não poder planejar. Às vezes cortar gastos desnecessários possa viabilizar o projeto.

5º PASSO – Inclua os trabalhos com o plano pastoral no calendário paroquial

Ao definir os eventos da paróquia selecione uma data para a realização da Assembleia Paroquial e, ainda, algumas datas para reuniões com as pastorais e movimentos para elaboração do plano.

6º PASSO – Prepare o Conselho Paroquial de Pastoral (CPP) para o processo

É preciso que você tenha um olhar atento sobre a realidade do CPP. Saber se aqueles posicionados na linha de frente estão preparados para enfrentar os desafios de construir um plano pastoral é fundamental. Uma boa dica é organizar um encontro especial para falar sobre planejamento estratégico. Lembre-se de organizar este encontro junto com o núcleo de planejamento!

7º PASSO – Reúna informações concretas para um bom diagnóstico

A base para um bom plano pastoral é um diagnóstico bem elaborado. Para isso analise os cenários existentes. Comece reunindo as informações internas como documentos, atas de reuniões, pesquisas aplicadas, relatórios existentes em sistemas de dízimo, entre outros. Vale lembrar que pesquisas junto aos agentes pastorais são fundamentais neste momento.  Em relação ao cenário externo uma boa referência são os dados do censo, as informações são disponibilizadas gratuitamente no site do IBGE.

Pronto, seguindo essas dicas você terá o ambiente paroquial ideal para construir um plano de pastoral promissor. Fique atento ao nosso blog. Semanalmente lançamos blog posts sobre planejamento de pastoral.

Heraldo Lima

Jornalista de formação, possui intensa e longa experiência missionária. Atualmente compõe a equipe de Redação na Dominus Evangelização e Marketing. Casado com a Anne e pai do Davi. Seu coração está na evangelização!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *