A Pascom e sua importância na vivência da Pastoral de Conjunto - Dominus Comunicação

A Pascom e sua importância na vivência da Pastoral de Conjunto

Certamente você já compreendeu que a Pastoral de Conjunto não é mais uma pastoral a ser implantada. Ao contrário, estamos falando da união de todas as pastorais empenhadas por um mesmo objetivo, a evangelização. 

No entanto, talvez o que você não saiba é de que maneira a Pastoral da Comunicação (Pascom) pode fortalecer a vivência da Pastoral de Conjunto na sua comunidade. 

Contudo, antes de verificarmos como isso é possível, vamos refletir um pouco sobre a essência de ambas as pastorais.

A vivência da Pastoral de Conjunto nas paróquias

Não são poucas as paróquias que encontram dificuldades na vivência da Pastoral de Conjunto. 

Talvez o que mais atrapalha neste processo seja a compreensão equivocada de alguns membros de pastoral a respeito do que é a Pastoral de Conjunto e sua atuação.  

Muitos acreditam que a Pastoral de Conjunto pretende padronizar todas as pastorais e movimentos. Imbuídos desse pensamento, acreditam que essa ação pastoral acabará bloqueando a variedade de dons e serviços que as diversas pastorais prestam à comunidade. 

Por isso, se faz necessário primeiramente esclarecer aos membros de pastorais e movimentos o que é de fato a Pastoral de Conjunto e a sua importância para a paróquia.

Todos precisam compreender que na verdade o que a Pastoral de Conjunto quer é formar uma grande equipe de evangelizadores

É preciso esclarecer a todos que a partir desta equipe cada estrutura pastoral pode exercer sua própria vocação e carisma. Logo, nesta equipe irão trabalhar, cada um conforme a vocação e carisma da pastoral a que pertence, porém, todos unidos por um objetivo em comum. 

Neste sentido, a Pastoral de Conjunto é um esforço de combinação e articulação de metas e princípios na ação evangelizadora da paróquia. Logo, terá a tarefa de promover a unidade na Igreja

Comunicação e pastoral

Por sua vez, de acordo com o Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, a Pascom nasce da junção de duas realidades que interagem reciprocamente: comunicação e pastoral.

Neste sentido, as ações comunicativas da Pascom ganham sentido na medida em que elas colaboram com a ação evangelizadora da Igreja. Afinal, evangelizar, anunciar o Reino de Deus, é comunicação!

No entanto, as ações da Pascom não devem ser direcionadas apenas aos meios de comunicação. Por isso, deve ser compreendida como um elemento articulador da vida e das relações da paróquia como um todo. Portanto, é aqui que ela interfere positivamente na vivência da Pastoral de Conjunto.

Contudo, para começarmos a compreender como isso acontece, vamos mais uma vez recorrer ao Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil.

Este importante documento pontua (no parágrafo 248) algumas características da abrangência da Pascom. São elas:

Compreenda melhor a importância da Pastoral da Comunicação aqui: O que é a Pastoral da Comunicação

A Pascom e a vivência da Pastoral de Conjunto

A partir de tudo o que já foi dito até aqui, certamente você já conseguiu perceber a importância da Pascom na vivência da Pastoral de Conjunto para a sua paróquia.

Contudo, talvez você esteja se perguntando: Na prática, de que maneira a Pascom pode ajudar na vivência da Pastoral de Conjunto? 

Para deixar ainda mais claro, vamos elencar alguns pontos em comum da Pascom e da Pastoral de Conjunto:

  • Ambas devem oferecer suporte a todas as pastorais e movimentos da paróquia.
  • Tanto a Pastoral de Conjunto quanto a Pascom visam agregar esforços para promover ações ou resolver problemas da paróquia.
  • A Pascom e a Pastoral de Conjunto almejam integrar as pastorais e movimentos, mas nunca as engessam.
  • A Pastoral da Comunicação contribui para o fortalecimento das relações comunitárias, gerando unidade entre as pastorais, movimentos e organismos. Algo que também busca a Pastoral de Conjunto.
  • Dar voz às ações de cada pastoral e movimento é o objetivo da Pascom, desta maneira fortalecendo a ação em conjunto na comunidade.

Além das semelhanças, a Pascom é importante para a vivência da Pastoral de Conjunto pelo suporte que ela pode lhe oferecer, como por exemplo:

  • Planejamento de cronogramas de ação e de formação
  • Criação de planejamento estratégico
  • Definição de metas paroquiais

Conclusão

Aqui apenas estamos lançando luzes sobre como a Pascom pode interagir positivamente na vivência da Pastoral de Conjunto. 

Contudo, a igreja e suas ações são vivas, e também essas vivências se transformam a cada novo dia. Desta maneira, novidades sempre estão por vir!

Portanto, esteja atento e aberto às inspirações do Espírito Santo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *