Ir ao conteúdo
minha_paroquia

Minha paróquia não pode ter um site parecido com o das outras?

O crescimento da presença das comunidades paroquiais na internet é algo muito positivo nos últimos anos.  Porém tem ocorrido uma situação que há bastante tempo me incomoda. O grande número de paróquias que aderem a serviços de internet que são verdadeiros “copia e cola”. E o que significa isso? Contratam empresas que oferecem um serviço barato e nada personalizado.

Qual o problema deste tipo de contrato?

Aparentemente esse tipo de serviço é vantajoso, custa barato e é feito em curto prazo. Mas ele “funciona” nos primeiros meses, logo começam a aparecer os buracos deixados por um projeto feito sem qualquer definição de estratégia e sem a personalização necessária.

Quando falamos de evangelizar um determinado povo, sempre ouvimos que é necessário entender o que aquele povo pensa, consome, gosta, lê, come, etc. Por que a evangelização pela internet é diferente, então?  Não, ela não é diferente!

Evangelizar nos meios digitais requer um conhecimento detalhado do público – esta etapa é e chamada de definição da persona. Por isso, quando sua paróquia for pensar ou repensar o site ou página no Facebook é preciso que ela considere fazer isso de forma profissional e estratégica. Uma dica importante: o barato pode ser muito caro!

Que resultados esperar do site da minha paróquia?

Sabemos que hoje nenhuma empresa vive sem ter um site ou blog.Você mesmo já deve ter feito muitas consultas procurando produtos ou serviços. Um endereço na web é, para muitas empresas, sua maior fonte de clientes. Quando ela investe neste tipo de canal seu objetivo é atrair o público-alvo aos seus serviços ou produtos.

Agora, você já parou para pensar: qual o objetivo que sua comunidade tem em relação ao site? Para muitas comunidades, o uso prático de um site paroquial é simplesmente informar o que acontece, o que vai acontecer ou, simplesmente, um local para consultar os horários de Missa. Essa visão do objetivo de uma página na internet é pequena diante do mundo de possibilidades que esta ferramenta pode oferecer.

Pensar na construção e na atualização de um site como uma fonte que traga pessoas novas para a vida paroquial deve ser objetivo e meta a ser alcançado. Além disso, a internet é um ótimo instrumento de formação para as lideranças da comunidade.

Como posso melhorar o uso do site?

Manter um site atualizado é sinônimo de bastante trabalho. Acredito que boa parte das pessoas responsáveis pelo setor de comunicação ou pela Pastoral da Comunicação na comunidade tem consciência disso. Mas, não basta apenas se apenhar para colocar formações e notícias na web, é essencial conduzir o público a essas informações. No artigo “Site paroquial: Como atrair as pessoas para ele?” apresentamos algumas dicas super interessantes.

Gostou? Ajude-nos a divulgar!

 

Jean

 

Jean Ricardo

Consultor de projetos de evangelização

Deixe um comentário

Você pode usar estas tags HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>